#Prepare-se

Capacitação permanente é fundamental para o sucesso do negócio

27 de junho de 2022

Somos um povo muito criativo. Otimistas, fazemos do limão uma limonada. No entanto, não basta uma ideia inovadora na cabeça e um CNPJ na mão para garantir o sucesso de uma empresa. Ou seja, é preciso saber lidar com fluxo de caixa, logística, gestão de pessoas, estoque, técnicas de vendas, marketing, mídias sociais… Além disso, o mundo dos negócios é muito dinâmico. O que vale ou é verdade hoje, amanhã pode não ser mais. O que faz da capacitação permanente, algo fundamental.

Aliás, a falta de conhecimento e habilidades é um dos principais fatores de “causa mortis” das empresas. Segundo estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa – Sebrae, 29% das MEI fecham nos primeiros cinco anos. Entre as microempresas são 21,6% e 17% entre as pequenas. Consequência da inabilidade para enfrentar situações próprias da gestão do negócio.

Contudo, admitir que não conhece ou não sabe algo não deve ser motivo de vergonha, mas de sabedoria. Como já dito pelo psicanalista suíço Carl Jung. “Sábio é aquele que admite não saber algo, pois se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento. Entretanto, se ele não sabe, mas finge saber, engana-se e retrocede, pois inibe a busca do conhecimento.” Ou seja, a capacitação permanente também deve fazer parte do plano de negócios.

Sendo assim, o primeiro passo para sua evolução é reconhecer em quais áreas você precisa adquirir ou aprimorar conhecimentos. Sem filtros, faça uma lista de suas fortalezas e fraquezas. A parti daí, trace um plano de aperfeiçoamento e comece pelo ponto mais sensível, aquele que pode ou que está colocando em risco seu negócio. Por exemplo, entre fluxo de caixa e mídias sociais, opte pelo aprimoramento em finanças. Ou seja, uma má gestão financeira pode ser fatal.

Capacitação permanente: existem muitas opções sem custos

Você deve estar se perguntando como vai conseguir recursos para se capacitar. Afinal, já foi duro levantar capital para abrir a empresa. A boa notícia é que existem várias opções gratuitas. Aliás, você pode começar sua jornada de aprendizado assistindo a vídeos e ouvindo podcasts. Muitas instituições de ensino, profissionais liberais e associações disponibilizam conteúdos online.

Contudo, se a sua necessidade é de conhecimentos mais aprofundados, você pode partir para cursos como os oferecidos pela FACESP Mulheres. Uma parceria entre o Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP) e o SEBRAE-SP.

O programa oferece capacitações online e presenciais, gratuitamente, para mulheres que querem empreender ou que já empreendem e precisam de orientações para melhorar a gestão da empresa.

“Quando assumi o CMEC, pensei em um projeto que pudesse modificar a vida de mulheres de todas as classes sociais. Para que elas pudessem ser protagonistas de suas próprias histórias. Com isso, fomentando, também, o desenvolvimento de suas regiões”, conta Ana Claudia Badra Cotait, presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura da ACSP – CMEC.

Segundo Ana Claudia, que também está à frente Conselho Nacional da Mulher Empresária da CACB, a capacitação permanente para a mulher empreendedora é fundamental. “Ela precisa ser a gestora do seu próprio negócio.  Bem capacitada, se fortalece e pode chegar aonde quiser”, afirma, a também presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura da FACESP.

Conhecimento nunca é demais. A capacitação permanente deve fazer parte do planejamento estratégico. Uma empreendedora de sucesso é aquela que sabe que será sempre uma eterna aprendiz.

COMPARTILHE